Cerca de 712 gestantes inscritas no Enem podem dar à luz durante a prova

O assunto tornou-se preocupação após o caso da estudante Pâmela de Oliveira Lescano, de 17 anos, que, em 2012, entrou em trabalho de parto momentos antes do início do exame

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Em todos os estados e no Distrito Federal, há gestantes com possibilidade de parto nos dias da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013, no próximo final de semana (nos dias 26 e 27). O Ministério da Educação (MEC) revisou o número de gestantes e divulgou nesta segunda-feira (21) que 712 mulheres podem dar à luz entre os dias 20 e 31. O assunto tornou-se preocupação, segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, após o caso da estudante Pâmela de Oliveira Lescano, de 17 anos, que, em 2012, deu à luz momentos antes do início do Enem, em Sidrolândia, no Mato Grosso do Sul. De acordo com os números divulgados pela pasta, o estado com o maior número de candidatas gestantes com possibilidade do parto é São Paulo, com 78. O estado é seguido por Minas Gerais (74), pelo Rio de Janeiro (55) e pelo Rio Grande do Sul (55). Roraima é o estado com o menor número, com quatro gestantes inscritas. Segundo Mercadante, as grávidas estão em 351 municípios. O Ministério da Educação entrou em contato com as secretarias municipais e fez um mapeamento dos hospitais próximos aos locais onde as candidatas farão o exame. Além disso, haverá profissionais de saúde disponíveis nesses locais de prova. O Enem será aplicado nos dias 26 e 27 de outubro. Ao todo, 7,1 milhões de candidatos participarão da prova. A pouco menos de uma semana para a prova, os candidatos podem treinar o conhecimento no Portal EBC, em um simulado que pode ser acessado livremente. Com Agência Brasil

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave