Manifestantes se ferem com balas de borracha em confronto contra leilão, no Rio

Ao menos seis pessoas ficaram feridas; eles protestam contra a primeira rodada de licitação do pré-sal, marcada para esta segunda-feira (21), no Windsor Barra Hotel

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Agencia Brasil/reprodução
Os policiais reagiram com balas de borracha, spray de pimenta e bombas de efeito moral. Dois feridos estão sendo atendidos em uma ambulância do Corpo de Bombeiros que está no local
Pelo menos seis pessoas ficaram feridas com balas de borracha em confronto entre manifestantes e homens da Força Nacional de Segurança, na Barra da Tijuca. Os manifestantes protestam contra a primeira rodada de licitação do pré-sal, marcada para esta segunda-feira (21), às 15h no Windsor Barra Hotel. A confusão começou depois que manifestantes derrubaram a grade que separava o protesto dos homens da Força Nacional. Os policiais reagiram com balas de borracha, spray de pimenta e bombas de efeito moral. Dois feridos estão sendo atendidos em uma ambulância do Corpo de Bombeiros que está no local. Os manifestantes continuam posicionados em frente às grades, que foram recolocadas, agitando bandeiras de partidos políticos, movimentos sociais e sindicatos.

Leia tudo sobre: protestoleilãopre-salpetroleolicitação